Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ser assim

por Closet, em 18.03.13

 

Uma da manhã. Depois de um fim-de-semana que passou rápido demais, chego a casa de viagem. Abro as malas, sento-me na cama e não reajo. Sinto-me cansada. A água quente do banho relaxa por fim o meu corpo quebrado, devolvendo-lhe algum conforto do dia que o atropelou.

Encaro o PC à minha frente a medo. Relutante. E nesta altura rasgo-me por dentro por ser assim, por ser tantas e diferentes. Por querer chegar a toda a parte, ao mesmo tempo. Há em mim uma crença invencível de que o tempo não existe, é fruto da imaginação. Que o meu dia não tem minutos, nem horas e a vontade reina em absolutismo, altiva comanda a razão. Sempre fui assim desde criança, sempre exagerei na diversidade, nos actos, nas gentes que conhecia. Os estranhos que trazia comigo a toda a hora, por toda a parte. E ainda agora, adulta, continuo a viver intensamente, como se tivesse várias vidas. Vou saltando nelas a cada instante, ignorando ordens estabelecidas, numa anarquia de sentido, troco as voltas previstas num ritmo alucinante.

O meu dia não tem horas, assumo convicta. Esta é a loucura que trago no sangue.  

 

tema da semana: loucura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

servido às 01:49


3 comentários

De Estrunfina a 18.03.2013 às 09:14

E isso é o k faz de ti essa maravilha lunática da natureza k tão depressa trata de coisas que eu n entenderia nem nos meus wildest dreams como pouco depois olho p ti e estás com akele ar totalmente aluado de quem foi a uma realidade alternativa que mais ninguém vê. E é toda essa diversidade que te torna especial, e única e linda e fantástica e, mto especialmente, mha AMIGA

De Closet a 26.03.2013 às 19:22

ohhh minha querida... só agora vi o teu doce comentário!! Lunática é um nome que me assenta bem :D e as realidades alternativas são mesmo essenciais!! Um beijo enorme dos meus vários eus que te ADORAM e que agradecem o carinho com que "nos" trazes no peito :)

De Estrunfina a 18.03.2013 às 09:14

E isso é o k faz de ti essa maravilha lunática da natureza k tão depressa trata de coisas que eu n entenderia nem nos meus wildest dreams como pouco depois olho p ti e estás com akele ar totalmente aluado de quem foi a uma realidade alternativa que mais ninguém vê. E é toda essa diversidade que te torna especial, e única e linda e fantástica e, mto especialmente, mha AMIGA

Comentar post





Pesquisa

Pesquisar no Blog  




As imagens deste blog foram retiradas da internet porém se alguém desejar reclamar os direitos autorais de alguma por favor envie-nos uma mensagem que imediatamente providenciaremos a remoção da mesma


Arquivos