Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Podia dizer "olá"

por Closet, em 06.05.13

 

 

Podia dizer "olá". 
Ali sentado, à minha frente, de cabelo desgrenhado e o olhar perdido no mesmo vidro que eu. 
Sorri. Apenas para lhe devolver o sorriso que, reflectido no vidro opaco, embateu abruptamente no meu. Quente, era um sorriso estranhamente quente, que me arrepiou.
Voltámos ao vidro da janela, escuro, indiferentes aos grafites que o rasgavam de cor. Enquanto a noite corria veloz, lá fora, ambígua, incerta. Sem nós. Raspava os nossos rostos pálidos, inexpressivos, numa trepidação constante, quase indolor.
No reflexo espelhado, apenas olhares vazios, mudos, de quem vagueia sem procurar nada. Pelo menos, nada lá fora. A nossa busca era dolorosamente interior. Talvez por isso os olhares cruzaram-se agora de frente, demoradamente, partilhando a solidão fria do instante. Sem hesitação, cravaram-se um no outro, cúmplices de um silêncio dormente. Incolor. Os dele, brilhantes, ousados, perfuraram os meus. Carentes, Tristes. Percorreram sozinhos, peregrinos e destemidos, todo o rosto em seu redor. Uns lábios finos, comprimidos, escondidos numa barba por fazer.

Mas entre mim e o silêncio havia uma espécie de compromisso. Firme. Absoluto. Talvez por isso, abandonei violentamente os seus olhos audases e voltei ao vidro baço e sujo. Como se a minha vida corresse lá fora com a noite, e eu a procurasse na imensa escuridão. 

Num solavanco inesperado, os carris chiaram e a viagem terminava, invadindo o vidro com as luzes estridentes da estação .

Encadeada, estremeci. Ele sorria novamente através do vidro baço. Institivamente eu sorri também.

Podia ter dito "olá". As portas abriram-se de repente, pisei em silêncio o chão.


tema da semana: silêncio

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

servido às 23:34





Pesquisa

Pesquisar no Blog  




As imagens deste blog foram retiradas da internet porém se alguém desejar reclamar os direitos autorais de alguma por favor envie-nos uma mensagem que imediatamente providenciaremos a remoção da mesma


Arquivos